Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da Refinaria de Matosinhos com adesão de 90% à greve lamentam falta de resposta da administração

Lusa

  • 333

Porto, 22 out (Lusa) -- Os trabalhadores da Refinaria de Matosinhos do Grupo Galp Energia estão com uma adesão de 90% à greve que decorre há cinco dias, mas até hoje não receberam "nenhum sinal" da administração, segundo o Sindicato dos Químicos Site Norte.

"Estamos no quinto dia de greve, com uma adesão a manter-se nos 90% desde o primeiro até ao quinto dia. Os trabalhadores muito firmes e determinados a lutar para defender os seus direitos", declarou à Lusa José Santos, dirigente do Sindicato dos Químicos Site Norte.

À margem de uma conferência de imprensa que se realizou hoje junto à porta principal da Refinaria de Matosinhos, juntando mais de 100 trabalhadores, José Santos lamentou o facto da administração da Galp ainda não tere dado "nenhuma resposta, nem nenhum sinal".