Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da EPUL pedem audiências ao Provedor de Justiça e ao Patriarca para evitar extinção

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jan (Lusa) - Os trabalhadores da Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL) solicitaram hoje audiências urgentes ao Provedor de Justiça e ao Cardeal Patriarca de Lisboa para impedir a sua extinção.

A audiência com o Provedor de Justiça pretende "impedir a extinção de uma empresa pública municipal com papel relevante na defesa dos jovens e dos mais desfavorecidos" e a com o Cardeal Patriarca de Lisboa procura "defender o interesse público [da EPUL] em prol da cidade e dos seus munícipes", explica a comissão de trabalhadores da empresa em comunicado.

Os trabalhadores duvidam da legalidade da extinção da EPUL, intenção que foi aprovada pela Câmara de Lisboa, mas que ainda não foi aprovada pela assembleia municipal.