Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da EPUL manifestam-se em frente à Assembleia Municipal de Lisboa

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 mai (Lusa) -- Cerca de 50 trabalhadores da Empresa Pública de Urbanização de Lisboa (EPUL) manifestaram-se hoje em frente à Assembleia Municipal de Lisboa, na Avenida de Roma.

Os trabalhadores levavam ao peito autocolantes da empresa e faixas com inscrições como "Santana igual a endividamento -- Costa igual a despedimento" (numa referência ao atual presidente do executivo, o socialista António Costa, e ao antigo presidente Santana Lopes, do PSD), "Gestão danosa dos políticos de sempre + 146 vítimas" e "Reabilitação a privados igual a fecho da EPUL".

A proposta da extinção da EPUL está marcada para a reunião de hoje da assembleia municipal, mas os trabalhadores - que se manifestaram à porta antes da sessão e entraram depois para assistir ao debate - têm-se oposto à medida por considerarem que os contornos da extinção não foram esclarecidos e por recearem perder o posto de trabalho.