Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da elétrica açoriana exigem clarificação sobre eventual privatização

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 07 mai (Lusa) -- O presidente da Comissão de Trabalhadores da elétrica açoriana, António Melo, exigiu hoje uma clarificação quanto à eventual privatização da EDA, manifestando preocupação caso o Governo Regional, que detém 50,1% do capital, avance com esta decisão.

"Tem de ficar clarificado. Ou é para privatizar ou não é. Não podemos continuar neste impasse nesta matéria", afirmou António Melo aos jornalistas, à margem das reuniões que manteve hoje em Ponta Delgada com os grupos parlamentares do PSD e Bloco de Esquerda na Assembleia Legislativa dos Açores.

Para o presidente da Comissão de Trabalhadores da EDA, embora a privatização permitisse ao Governo açoriano obter um encaixe financeiro "de algumas dezenas de milhares de euros", tal decisão seria um "erro estratégico, com consequências futuras".