Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da construção exigiram em Gaia maior celeridade da justiça

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 30 abr (Lusa) -- Cerca de meia centena de trabalhadores do setor da construção civil concentrou-se hoje em frente ao Tribunal do Comércio de Gaia para exigir maior celeridade da justiça na resolução dos processos interpostos, em alguns casos, há "mais de dez anos".

Nesta primeira de várias concentrações que o sindicato do setor pretende realizar em diversas capitais de distrito, os trabalhadores cortaram durante alguns minutos a avenida da República, no sentido descendente.

"Em todo o país são dezenas de milhares de trabalhadores com créditos por receber, que totalizam cerca de 90 milhões de euros. Só aqui em Gaia são mais de dez milhões de euros", afirmou o presidente do Sindicato da Construção de Portugal.