Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da Cerâmica de Valadares "não acreditam na viabilidade da empresa"

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 12 nov (Lusa) - Os trabalhadores da Cerâmica de Valadares "não acreditam na viabilidade da empresa", apesar do administrador de insolvência ter hoje considerado que a fábrica "ainda é muito apetecível".

Em declarações à Lusa, Daniel Gonçalves, representante da Comissão de Trabalhadores (CT) na comissão de credores, afirmou hoje que os funcionários têm como objetivo "lutar pelos postos de trabalho". Contudo, a reestruturação da Valadares "parece ser muito difícil", perante o passivo de cerca de 95,5 milhões de euros reclamados pelos credores.

Hoje de manhã, os credores da Cerâmica de Valadares aprovaram a proposta do administrador de insolvência no sentido da manutenção da empresa em atividade, suspensão da liquidação do ativo e apresentação, em 60 dias, de um plano de insolvência.