Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da Cerâmica de Valadares às portas da empresa até conhecerem administrador da insolvência

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 02 out (Lusa) -- O representante da Comissão de Trabalhadores (CT) da Cerâmica de Valadares Raul Almeida afirmou hoje que os funcionários vão continuar concentrados às portas da empresa até falarem com o administrador da insolvência.

Neste momento, adiantou Raul Almeida, estão 10 pessoas junto dos portões da Fábrica Cerâmica de Valadares, a "fazer dias, noites, à espera que ele apareça", algo que acreditam que venha a acontecer antes da assembleia de credores agendada para dia 12 de novembro.

A Fábrica Cerâmica de Valadares foi declarada insolvente na semana passada, disse hoje o inspetor-geral do Trabalho, José Luís Forte, salientando que a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) continua a acompanhar o processo, sem indícios de violação.