Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores brasileiros no Mundial2014 pagarão parte de imposto não cobrado à FIFA

Lusa

  • 333

São Paulo, 09 jan (Lusa) - Os trabalhadores brasileiros que vão prestar serviço à FIFA durante o Mundial2014 terão de pagar parte do imposto não cobrado à federação internacional, anunciou a Receita Federal (finanças) do Brasil.

A isenção fiscal para a FIFA e para as associações e confederações parceiras é uma exigência da entidade para o torneio, também aplicada por outros países que realizaram mundiais, e está prevista na Lei Geral da Copa, que dá as diretrizes para o evento no Brasil.

A Receita Federal brasileira prevê que a FIFA não pague taxas relativas ao fundo de garantia e à previdência social de trabalhadores. Habitualmente, no Brasil, um trabalhador paga 11 por cento do salário ao Instituto da Segurança Social, enquanto a empresa arca com outros 20 por cento.