Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadoras da Conforlimpa no ISEP em greve por quatro meses de salários em atraso

Lusa

  • 333

Porto, 06 mai (Lusa) -- Três dezenas de trabalhadoras de limpeza da Conforlimpa ao serviço no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) concentraram-se hoje frente aquele estabelecimento no âmbito de um dia de greve em protesto pelos quatro meses de salários em atraso.

"Há aqui situações muito complicadas de pessoas já sem dinheiro praticamente para comer, o que levou a que marcássemos para hoje este protesto frente à porta do ISEP, a exemplo do que vimos fazendo nos últimos meses com a empresa Conforlimpa noutros locais de trabalho", afirmou a dirigente do Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Atividades Diversas (STAD) Vivalda Silva.

Em declarações à agência Lusa, a dirigente sindical afirmou que as cerca de 30 trabalhadoras da Conforlimpa que trabalham no ISEP têm em atraso os salários de janeiro, fevereiro, março e abril e, nalguns casos, também o subsídio de Natal de 2012.