Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tomada de posse de Hugo Chávez pode ser adiada, dizem partidários e opositores

Lusa

  • 333

Caracas, 25 dez (Lusa) -- O vice-presidente e o líder da oposição venezuelanos disseram na segunda-feira que a tomada de posse de Hugo Chávez, prevista para 10 de janeiro, pode ser adiada se o presidente eleito da Venezuela continuar hospitalizado em Cuba.

O vice-presidente Nicolas Maduro recordou que Hugo Chávez, recentemente operado pela quarta vez ao cancro em Cuba, tem uma autorização especial aprovada por unanimidade pela assembleia nacional para se ausentar do país por razões de saúde, noticia a AFP.

"Se essa permissão (...) for prorrogada para além de 10 de janeiro, a data da tomada de posse, então aplicar-se-á a Constituição e ele deve certamente prestar juramento perante o Supremo Tribunal de Justiça", disse Maduro.