Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Todos os 18 arguidos do processo "Remédio Santo" vão a julgamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 out (lusa) - O Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) decidiu hoje levar a julgamento os 18 arguidos do processo "Remédio Santo", por burlas ao Serviço Nacional de Saúde, confirmando a acusação do Ministério Público, segundo fonte judicial.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que os 18 arguidos, médicos, farmacêuticos, delegados de informação médica e empresários, estão acusados de burlar o Estado em quatro milhões de euros, mantêm, por decisão do juiz Carlos Alexandre, as mesmas medidas de coação.

Segundo fonte judicial, neste processo relacionado com burlas ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) o médico Luíz Renato Basile é o único arguido que se encontra ainda em prisão preventiva, estando nove outros arguidos em prisão domiciliária com pulseira eletrónica e os restantes sujeitos a medidas de coação menos gravosas.