Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Timor-Leste admite alterar regras do fundo petrolífero que impede compra de dívida portuguesa

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 set (Lusa) - O presidente de Timor-Leste admitiu hoje a intenção de repensar a forma como é investido o fundo petrolífero do país, cujas regras impedem a compra de dívida soberana portuguesa.

"Como Presidente da República sou muito ambicioso e o meu desejo é repensar o fundo para fazer mais investimentos", disse aos jornalistas no final de um encontro com o chefe de Estado português em Lisboa.

A Lei do Fundo Petrolífero foi estabelecida em 2005 com intenção de contribuir para a gestão eficaz dos recursos petrolíferos de Timor-Leste.