Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

TEP foi pioneiro no Porto do teatro moderno em Portugal

Lusa

  • 333

Porto, 17 jun (Lusa) -- O Teatro Experimental do Porto (TEP), a comemorar 60 anos de representações, teve na sua primeira década na vanguarda das artes cénicas e contou, ao longo dos anos, com a participação de nomes cruciais do teatro português.

Se a primeira representação da companhia foi em 1953, a história do Círculo de Cultura Teatral -- TEP começou algures numa noite chuvosa de novembro de 1959 em que, por convocatória oral, Manuel Breda Simões, um professor da Escola Comercial Oliveira Martins, conseguiu reunir um conjunto de cidadãos interessados no teatro.

Era uma iniciativa que surgia a par das atividades de outras instituições como o Cine Clube do Porto, a Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto ou o Círculo de Cultura Musical, que através da cultura procuravam alimentar a oposição ao regime fascista.