Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ténis: Ladrão de relógio de Nadal condenado a seis meses de prisão

Lusa

  • 333

Madrid, 15 jun (lusa) -- O homem detido por roubar o relógio do tenista espanhol Rafael Nadal, avaliado em 300.000 euros, foi condenado a seis meses de prisão, informou hoje o diário Le Parisien.

Um tribunal de Paris impôs ainda uma multa de um euro simbólico a Christian A., o empregado de origem luso-brasileira, de 38 anos, do hotel em que Nadal esteve hospedado durante Roland Garros, e que confessou ter roubado o relógio na segunda-feira, dia em que o espanhol venceu o torneio de ténis.

A multa, no entanto, está muito longe dos 5.000 euros reclamados pela parte civil por "prejuízo mural e comercial", indicou o jornal.