Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Telecom: ANACOM rejeita críticas da Optimus sobre elevadas taxas de regulação

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jul (Lusa) - A ANACOM -- Autoridade Nacional de Comunicações afirmou hoje que cobrou taxas de regulação no valor de 29 milhões de euros em 2011, depois do presidente da Optimus se ter queixado de pagar 75 milhões de euros para financiar o regulador.

"A ANACOM vem esclarecer que as taxas de regulação cobradas em 2011 relativas às comunicações eletrónicas ascenderam a cerca de 29 milhões de euros, o que equivale a cerca de 0,6 por cento do volume de negócios total do setor", esclareceu hoje em comunicado o regulador do mercado.

O presidente executivo da Optimus, Miguel Almeida, disse na terça-feira à noite, durante o ciclo de debates da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), que "não é possível" pagar 75 milhões de euros para financiar o regulador, referindo-se à Anacom.