Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Teerão admite processar indústria de cinema de Hollywood por filmes anti-Irão

Lusa

  • 333

Teerão, 13 mar (Lusa) -- O regime de Teerão está a avaliar a possibilidade de processar a indústria de cinema de Hollywood por produzir e divulgar filmes anti-Irão, nomeadamente o oscarizado "Argo", disse uma advogada.

Em declarações à AFP, Isabelle Coutant-Peyre, advogada francesa contratada pela república islâmica para estudar o caso, adiantou que está à procura de "fundamentos legais para parar a produção de filmes anti-Irão".

A advogada acredita que o caso poderá ser apresentado na justiça francesa, baseando-se numa lei que responsabiliza os indivíduos pelos danos causados a terceiros, e na justiça suíça, que pune a difamação contra Estados.