Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Teatro: Grupo de Moura vive momento "mais difícil" da sua história devido a ação de despejo e falta de apoios

Lusa

  • 333

Moura, 09 jul (Lusa) - O Teatro Fórum de Moura revelou hoje que atravessa o momento "mais difícil" da sua história após ter sido despejado do edifício-sede, que foi penhorado, o que agravou a "precária" situação do grupo, devido a cortes nos apoios.

"Estamos, de facto, a atravessar um momento crítico, o mais difícil da nossa história de sete anos", disse hoje à agência Lusa Jorge Feliciano, do Teatro Fórum de Moura, após o envio de um comunicado.

Segundo Jorge Feliciano, o grupo, devido aos cortes do Governo nos apoios às artes e ao "congelamento" de projetos europeus em que estava envolvido, está "a sobreviver com metade do orçamento de 2011, que já era insuficiente" e a viver uma situação financeira "precária". A situação "agravou-se ainda mais" no passado dia 03, quando o Teatro Fórum de Moura, por motivos que lhe são "completamente alheios", foi despejado do edifício onde estava instalado, no bairro da Salúquia em Moura, e que arrendava desde agosto de 2007, lamentou.