Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Team Sky nega envolvimento do ciclista Michael Rogers em casos de doping

Lusa

  • 333

Redação, 08 dez (Lusa) -- A Team Sky negou hoje que a saída do ciclista australiano Michael Rogers se deva à política antidoping da equipa britânica, que já levou ao afastamento de três diretores desportivos devido a um passado de envolvimento com doping.

Na sexta-feira, Michael Rogers anunciou que correrá as próximas duas temporadas pela Saxo-Tinkoff, do espanhol Alberto Contador, algo que levantou suspeitas quanto a um eventual afastamento por parte da Sky, devido à sua ligação ao médico italiano Michele Ferrari, irradiado do desporto na sequência do "caso Armstrong".

"Michael foi entrevistado em outubro na concentração da equipa, como todos os ciclistas, e não houve qualquer admissão ou revelação que o obrigassem a sair", explicou a formação britânica em comunicado.