Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Taxa sobre dormidas não põe em causa atividade turística - Municípios

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 abr (Lusa) -- A Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP) defendeu hoje a cobrança da taxa turística sobre as dormidas, argumentando que "não põe em causa a atividade turística", uma medida que está a ser contestada no setor hoteleiro.

"A sugestão relativa à fixação desta taxa não põe em causa a atividade turística, não sendo pertinente ou razoável extrapolar ou argumentar que, por esse motivo -- mais 50 cêntimos ou 1 euro --, alguém deixe de pernoitar em determinado alojamento turístico", refere a ANMP em comunicado enviado à agência Lusa.

Na nota, aquela associação lembra que em muitos países europeus já se pratica uma taxa semelhante, que "incide sobre as estadias em empreendimentos turísticos (...), recaindo o encargo financeiro sobre a pessoa, singular ou coletiva -- hóspede/ turista -- que seja utilizadora dessas unidades de alojamento".