Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

TAP cancela 21.000 reservas devido a greve que pode custar 15 ME - Fernando Pinto

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 mar (Lusa) - O presidente da TAP, Fernando Pinto, disse hoje que já foram canceladas 21.000 reservas de voos para os dias da greve, de 21 a 23 de março, um protesto que, a concretizar-se, deverá custar 15 milhões de euros.

O presidente da TAP, que falava aos jornalistas à margem de um debate numa livraria lisboeta, afirmou que foram canceladas "21.000 reservas até ao dia de ontem [segunda-feira]", acrescentando que "até ao dia da greve [o número de reservas canceladas] vai sempre aumentar".

Interrogado sobre quais os custos estimados da greve, Fernando Pinto adiantou que o protesto tem um custo "em torno dos 5 milhões [de euros] por dia", pelo que três dias de greve pode praticamente anular os lucros da empresa em 2012, que ascenderam aos 16 milhões.