Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tailândia: Dois condenados por insultos à monarquia foram libertados por perdão real

Lusa

  • 333

Banguecoque, 24 ago (Lusa) -- Dois tailandeses condenados por insultos à monarquia foram hoje libertados depois de terem recebido perdão real, informou um porta-voz do estabelecimento prisional.

Os dois condenados a três anos de prisão pelo crime de lesa-majestade são Warawut Thanungkorn, ativista pró-democracia, e Suriyan Kokpeuay, sapateiro.

Warawut foi condenado por ter insultado a monarquia num discurso proferido em 2010, e Suriyan foi condenado por ter lançado uma ameaça de bomba através de uma chamada telefónica para o hospital onde o rei Bhumibol Adulyadej está internado desde 2009.