Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Taça Intercontinental / 25 anos - Do frio insuportável aos horários trocados na versão de quatro "dragões"

Lusa

  • 333

Porto, 11 (Lusa) - Rui Barros, Augusto Inácio, Lima Pereira e Jaime Magalhães, antigos futebolistas do FC Porto, recordaram à Lusa o frio insuportável, os horários trocados e as provocações uruguaias até à conquista da Taça Intercontinental, feito que celebra 25 anos quinta-feira.

Os quatro foram titulares no jogo de 13 de dezembro de 1987, marcado por 120 minutos de muito sacrifício no relvado gelado do Estádio Nacional de Tóquio, que culminou com a consagração de "campeões do mundo", como todos se afirmam desde então.

A vitória por 2-1 (com golos de Fernando Gomes e Rabah Madjer) assinalou o segundo êxito internacional dos "dragões", que uns meses antes (a 27 de maio) venceram a Taça dos Campeões Europeus, em Viena.