Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tabaco: Produtores internacionais "perplexos" com futura legislação comunitária

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 set (Lusa) - A Associação Internacional de Produtores de Tabaco (International Tobacco Growers' Association, no original) contestou hoje a futura diretiva comunitária para o setor, que deverá entrar em vigor este ano, demonstrando-se "perplexa" com as leis em estudo.

A entidade, que hoje se reuniu em Castelo Branco, diz que as leis a rever são "radicais e infundadas" e serão traduzidas em "maior desemprego, contrabando, contrafacção e em resultados nulos em termos de ganhos de saúde pública".

"A proposta de revisão que está a ser preparada discrimina produtores de tabaco europeus e terá efeitos devastadores para as suas vidas, estimando-se que mais de 40 mil possam perder o seu negócio, com a consequente destruição de cerca de 190 mil postos de trabalho", considerou António Abrunhosa, diretor executivo da associação.