Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Suspensão de Jorge Jesus baseou-se na "lesão da honra e da reputação"

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 nov (Lusa) - A suspensão do treinador Benfica, Jorge Jesus, por 30 dias, baseou-se na "lesão da honra e da reputação", numa decisão em que não considerou qualquer tentativa de agressão.

Na decisão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), conhecida hoje, não foi considerada qualquer tentativa de agressão.

No comunicado da LPFP relativo ao "processo disciplinar" refere-se que a Liga decidiu "homologar o acordo subscrito pela Comissão de Instrução e Inquéritos das Competições Profissionais de Futebol (CII) e pelo Treinador da Sport Lisboa e Benfica, SAD, Jorge Fernando Pinheiro de Jesus, e, em consequência, condenar o mesmo na sanção de 30 dias de suspensão e acessoriamente com a aplicação de multa no valor de 5.355,00 euros (cinco mil trezentos e cinquenta e cinco euros), nos termos conjugados dos artigos 136º, 168º e 36º nº 2, todos do Regulamento Disciplinar da LPFP".