Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Supremo Tribunal da Venezuela rejeita convocar junta médica para avaliar saúde de Chávez

Lusa

  • 333

Caracas, 10 jan (Lusa) - O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) afastou, esta quarta-feira, a possibilidade de convocar, neste momento, uma junta médica para avaliar o estado de saúde do Presidente Hugo Chávez, que atualmente se encontra hospitalizado em Havana, Cuba.

"Em nenhum momento, o STJ considerou que existam razões para a convocatória de uma junta médica neste momento", disse a presidente do órgão, Luísa Estella Morales, numa conferência de imprensa, transmitida pela rádio e televisão públicas.

"O Presidente da República foi claro ao solicitar uma autorização para se ausentar do país" para se submeter a uma operação, que teve lugar a 11 de dezembro, e dadas as complicações do pós-operatório solicitou nova autorização, a qual foi aprovada pela Assembleia Nacional, disse.