Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Supremo Tribunal da Venezuela rejeita contestações da oposição

Lusa

  • 333

Caracas, 26 mai (Lusa) -- O Supremo tribunal da Venezuela rejeitou uma das seis contestações à eleição presidencial de 14 de abril que viu Nicolas Maduro, o vice-presidente do falecido Hugo Chávez, vencer o escrutínio por uma margem pequena.

Oficialmente, Maduro, venceu as eleições com uma margem de 1,49 pontos percentuais, mas o seu maior rival Henrique Capriles recusa a derrota.

O tribunal decidiu que a ação movida pelos venezuelanos que vivem no exterior e que alegam fraude e interferência do poder político nas eleições era confusa, com "juízos de valor e sem a justificação exigida pela lei".