Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Supermercado português multado na Venezuela por vender carne com preço superior ao estabelecido

Lusa

  • 333

Caracas, 05 jul (Lusa) - As autoridades venezuelanas multaram e encerraram temporariamente uma sucursal da rede de supermercados Central Madeirense por terem detetado, numa inspeção, que havia carne de vaca à venda a um preço superior ao estipulado pelo executivo.

"Na inspeção verificou-se que a carne foi fornecida pelo Estado, através da Corporação Casa, e que era vendida a mais de 300 % acima do estipulado", explica um comunicado emitido pela Superintendência Nacional de Silos, Armazéns e Depósitos Agrícolas.

O documento precisa que a inspeção foi efetuada pelo superintendente coronel Luís Moreno Machado e aconteceu num dos supermercados da rede Central Madeirense a sul de Caracas.