Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subsídios: Inconstitucionalidade do corte deve obrigar a reposição "imediata" - PEV

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 jul (Lusa)- O Partido Ecologista "Os Verdes" defendeu hoje que a inconstitucionalidade do corte dos subsídios de férias e de Natal deveria obrigar à sua reposição "imediata", e rejeitou qualquer alargamento da medida a outros setores.

"'Os Verdes' entendem que, tendo sido declarado inconstitucional o corte dos subsídios de férias e de Natal feito pelo Governo, estes devem ser devida e imediatamente repostos e, sendo este roubo de subsídios inconstitucional, não pode, em circunstância alguma, o Governo pensar em alargá-lo a outros setores, designadamente ao setor privado, sob formas de taxas adicionais ou outras", afirma o PEV.

Num comunicado em que assinala ainda não conhecer em detalhe o acórdão do Tribunal Constitucional, o PEV insiste que "quaisquer medidas que sejam adotadas em substituição draconiana do roubo dos subsídios de férias e Natal ou de agravamento da austeridade serão medidas que só contribuirão para afundar a situação económica e social do país".