Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subsídio municipal evita fecho de escola profissional em Caminha

Lusa

  • 333

Caminha, 07 fev (Lusa) - A Câmara de Caminha atribuiu um subsídio de 30 mil euros a uma cooperativa de ensino local para evitar o encerramento da escola profissional do concelho, anunciou hoje fonte do município.

A medida, já aprovada esta semana pelo executivo municipal, prevê a repartição deste subsídio em 12 prestações mensais de 2.500 euros, verba que será atribuída à cooperativa de ensino COOPETAP.

Este valor corresponde precisamente ao montante das rendas do edifício "Internato Silva Torres", propriedade do Município e no qual funciona a escola profissional ETAP, gerida por aquela cooperativa.