Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subsidiária do HSBC condenada a indemnizar clientes em 1.800 ME

Lusa

  • 333

Washington, 18 out (Lusa) -- Um juiz de Chicago ordenou quinta-feira que uma subsidiária do banco britânico HSBC, Household International Inc, pague 2.460 milhões de dólares (1.800 milhões de euros) em consequência de uma queixa coletiva por fraude financeira no início de 2000.

De acordo com os documentos judiciais, o juiz do Ronald Guzman, decidiu que aos mais de 10.000 queixosos eram devidos 1.480 milhões de dólares por danos e outros 986 milhões em juros.

"Fomos capazes de demonstrar em tribunal a fraude praticada e a forma como os investidores sofreram com o resultado", disse Mike Dowd, advogado principal da acusação, em declarações ao Wall Street Journal.