Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subida substancial das propinas seria um desastre -- reitor da Universidade de Coimbra

Lusa

  • 333

Coimbra, 16 jan (Lusa) -- O reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, afirmou hoje que "uma subida substancial das propinas", como preconiza o FMI (Fundo Monetário Internacional), "seria socialmente um desastre".

"Uma subida substancial" do valor das propinas do ensino superior, "como está no relatório do FMI, seria muito negativo", sublinhou João Gabriel Silva, que falava hoje à agência Lusa, à margem da sessão da apresentação do mais recente número da revista 'Rua Larga', inteiramente dedicado à candidatura daquela universidade a Património Mundial.

Mas "a maior parte das medidas do FMI não serão concretizadas", sustentou o reitor da UC.