Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subida da dívida pública deve-se em muito à reclassificação de PPP e empresas públicas - chefe de missão do FMI

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) - O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional para Portugal afirmou hoje que grande parte do crescimento da dívida pública nos últimos anos se deve à inclusão nas contas de PPP e empresas públicas que estavam fora das contas.

Abebe Aemro Selassie, que falava durante uma apresentação na ordem dos economistas sobre causas e soluções para a crise económica e financeira de Portugal, refutou os argumentos que muitos lhe têm colocado sobre o elevado crescimento da dívida pública ser resultado da crise.

"Uma das coisas que as pessoas nos dizem é que o crescimento da dívida pública é um resultado da crise. Acho que é uma visão errada, porque a política orçamental foi expansionista, mas também porque muita da despesa que fizeram com Parcerias Público-Privadas e empresas públicas, entrou nas contas públicas. Grande parte do aumento da dívida pública deve-se à reclassificação destas entidades em contas nacionais", afirmou.