Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sporting/Eleições: Crise do futebol estende-se à tesouraria

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 mar (Lusa) -- A crise do futebol profissional do Sporting é a causa e o reflexo da situação financeira do clube lisboeta, cujo passivo consolidado ultrapassa os 400 milhões de euros (ME), metade do qual da responsabilidade da SAD.

Vários responsáveis dos "leões" têm advertido que o único caminho para a sustentabilidade de um clube que conquistou 18 títulos de campeão português passa pela reestruturação financeira, alicerçada num perdão parcial da dívida, na redução da taxa de juro e no alargamento do prazo para o pagamento da dívida.

Godinho Lopes não resistiu aos maus resultados da equipa de futebol, mas a gestão das contas e da política de contratações de jogadores do clube de Alvalade também tem suscitado as maiores críticas dos opositores do presidente do Sporting, que se demitiu a 04 de fevereiro, em conjunto com os restantes órgãos sociais.