Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sporting acusa Benfica de violar "pacto de não agressão" com transferência de atleta

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 out (Lusa) - O Sporting acusou o Benfica de ter "rompido um pacto de não-agressão" entre os dois clubes, com a contratação do atleta Hélio Gomes pelo clube "encarnado", e assume-se pronto para "retirar todas as consequências" do sucedido.

Em declarações à edição de hoje do "Jornal Sporting", Ricardo Tomás, vogal da direção do clube para as modalidades, comentou o que considera ser uma violação de um acordo de cavalheiros entre os dois emblemas, extensivo a todas as modalidades, que impede transferências diretas.

"Registamos o comportamento dos dirigentes do Benfica neste caso, ao romper um pacto de não-agressão que existia entre os dois clubes. Retiraremos no futuro todas as consequências desse facto", referiu.