Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

SOS Hepatite denuncia que restrição de acesso a medicamentos atinge outras doenças graves

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jan (Lusa) - A presidente da SOS Hepatite, Emília Rodrigues, denunciou hoje que nos casos de cancro, HIV, artrite reumatoide e esclerose múltipla também está a haver restrição de prescrever medicamento nos hospitais públicos.

"Não é só na nossa patologia [que esta situação está a acontecer].É nas patologias mais graves, no HIV, no cancro, na artrite reumatoide, esclerose múltipla, em que os doentes não têm acesso à medicação e vão piorando", disse hoje à Lusa Emília Rodrigues.

O bastonário da Ordem dos Médicos denunciou na quarta-feira à noite que há situações de clínicos que estão a ser proibidos de prescrever os medicamentos que consideram adequados para os seus doentes.