Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Solução para pagamento de subsídios em duodécimos no privado "foi um verdadeiro desastre" -- CIP

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jan (Lusa) - O representante da Confederação Empresarial de Portugal - CIP, Gregório Novo, classificou hoje de "verdadeiro desastre" a possibilidade de os trabalhadores do setor privado poderem optar pelo pagamento de metade dos subsídios de férias e de Natal em duodécimos, em 2013.

"Achamos que a solução encontrada foi um verdadeiro desastre. Achamos que as empresas que já tinham muitíssimos problemas com o facto de terem de fazer processamentos (...), sendo uma solução uniforme para todos os trabalhadores e já era um problema dificilmente gerível para elas, agora com situações diferenciadas vai ser uma verdadeira calamidade", afirmou Gregório Novo aos Jornalistas.

Após uma reunião com os grupos parlamentares do PSD e do CDS-PP, no Parlamento, o representante dos patrões reforçou que "é um verdadeiro pânico com a situação a que aqui se chegou".