Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Solução para Casa do Douro passa por "mandato do Conselho de Ministros" -- sec. Estado

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jul (Lusa) -- O secretário de Estado da Agricultura afirmou hoje que a solução para a Casa do Douro, cujas dívidas ultrapassam os 100 milhões de euros, passa por um mandato do Conselho de Ministros que permita "atender à transversalidade" dos problemas da associação.

"A questão da Casa do Douro é transversal a várias áreas. A forma de atender a essa transversalidade passa por ter um mandato do Conselho do Ministros com uma deliberação sobre a solução -- uma solução abrangente -- a seguir. Espero que tenhamos esse mandato nas próximas semanas", afirmou José Diogo Albuquerque na comissão parlamentar de Agricultura e Mar, onde está esta tarde a ser ouvido a pedido do grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) e do Partido Comunista Português (PCP).

A Casa do Douro, sediada no Peso da Régua, no distrito de Vila Real, é uma associação privada de direito público e de inscrição obrigatória. Possui, segundo dados fornecidos à Lusa pela direção, uma dívida ao Estado de 92 milhões de euros e deve mais 20 milhões de euros que foram pedidos à Parvalorem, ex-BPN. A estes valores acrescem juros de mora.