Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Solitário" que assaltou 20 bancos com réplica de arma condenado a 11 anos de prisão efetiva

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 nov (Lusa) -- O homem conhecido como "solitário", acusado de roubar 20 instituições bancárias com uma réplica de arma e de se ter apropriado de 152 mil euros, foi hoje condenado a uma pena de 11 anos de prisão efetiva.

A leitura do acórdão do julgamento de Carlos Teixeira, antigo ciclista do Boavista, decorre hoje de manhã nas Varas Criminais de Lisboa.

O homem de 41 anos estava acusado de 20 crimes de roubo qualificado, quatro na forma tentada, levados a cabo entre abril de 2011 e janeiro deste ano. A advogada do arguido, Sandra Dias, explicou à agência Lusa que seis deles foram desqualificados pelo tribunal para roubos simples.