Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Socialistas Europeus querem desculpas de Barroso e Merkel por erros no impacto da austeridade

Lusa

  • 333

Bruxelas, 09 out (Lusa) - O líder dos Socialistas Europeus no Parlamento Europeu (PE), Hannes Swoboda, exigiu hoje um pedido de desculpas a Durão Barroso e Angela Merkel pelo erro no impacto das medidas de austeridade no crescimento económico e criação de emprego.

"Foi irresponsável das instituições europeias basear a sua assessoria política em modelos económicos que têm provado ser altamente questionáveis", acusa Hannes Swoboda, no dia em que Fundo Monetário Internacional (FMI) admitiu que o efeito recessivo da austeridade é superior ao inicialmente previsto.

Na atualização do "Outlook" do FMI, publicação sobre perspetivas económicas da entidade, é reconhecido que as medidas de austeridade com o intuito de consolidar as contas públicas geraram um impacto negativo na economia maior do que o previsto.