Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Socialismo do século XXI morreu com Chávez -- Nobel da Literatura Vargas Llosa

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 19 abr (Lusa) -- O "socialismo do século XXI" desapareceu com a morte do seu ideólogo, o ex-Presidente venezuelano Hugo Chávez, afirmou na quinta-feira, no Rio de Janeiro, o peruano Mario Vargas Llosa, Nobel da Literatura de 2010.

"Com o comandante Chávez morreu o socialismo do século XXI através de uma eleição que acabamos de ver. O povo venezuelano reagiu", observou o escritor peruano numa conferência no Rio de Janeiro, Brasil.

Vargas Llosa afirmou que o resultado das presidenciais de domingo na Venezuela, vencidas por Nicolás Maduro com uma pequena margem face ao opositor, Henrique Capriles, revela que o "populismo começou a retroceder" na América Latina.