Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sobe para 59 número de mortos em deslizamento de terras no Tibete

Lusa

  • 333

Pequim, 03 abr (Lusa) -- As autoridades chinesas elevaram hoje para 59 o número de mortos na sequência de um deslizamento de terras no Tibete, que soterrou 83 pessoas numa zona mineira na semana passada, após terem retirado, esta noite, mais 23 corpos.

As operações de resgate prosseguem hoje, após terem sido suspensas durante mais de 24 horas entre segunda-feira e terça-feira, devido ao risco de novos deslizamentos de terras na zona, indicou a Xinhua.

Outros 24 mineiros continuam desaparecidos debaixo dos escombros do aluimento, que ocorreu no passado dia 29, em Maizhokunggar, a 68 quilómetros da capital da região autónoma, Lhasa.