Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: UE lamenta demissão de Kofi Annan

Lusa

  • 333

Bruxelas, 02 ago (Lusa) - A União Europeia expressou hoje o seu "profundo pesar" pela demissão de Kofi Annan como mediador para a Síria e assegurou que continuará a defender o seu plano de paz como a melhor saída para o conflito no país.

Kofi Annan demitiu-se das funções de emissário da ONU e da Liga Árabe para a Síria, anunciou hoje o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Em comunicado, citado pela agência Efe, a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, salientou os "incansáveis esforços" de Annan para obter "uma solução pacífica para a crise síria".