Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Rússia e EUA defendem investigação objetiva de emprego de armas químicas

Lusa

  • 333

Moscovo, 23 ago (Lusa) - A Rússia e os Estados Unidos defendem que a missão de peritos da ONU na Síria deverá realizar uma investigação objetiva sobre o emprego de armas químicas nesse país, afirmou hoje o Ministério russo dos Negócios Estrangeiros.

Segundo a diplomacia russa, a posição conjunta foi tomada na quinta-feira durante uma conversa telefónica entre Serguei Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, e o seu homólogo norte-americano, John Kerry.

"Foi manifestado o interesse comum na realização, pela missão de peritos da ONU que se encontra atualmente no país, de uma investigação objetiva das informações sobre o alegado emprego de armas químicas nos arredores de Damasco", lê-se num comunicado publicado pela diplomacia russa.