Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Rússia considera não ter sentido uso de armas químicas por Assad

Lusa

  • 333

Moscovo, 15 jun (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, considerou hoje que não tem sentido o uso de armas químicas por parte do regime de Bashar al-Assad num momento em que este derrota a oposição armada.

"Os nossos aliados ocidentais disseram que sim, mas talvez não seja do interesse do regime (o emprego de armas químicas). Mas, se for encostado à parede, então, como último argumento, ele poderá, desesperado, empregar essa arma", declarou Lavrov, numa conferência de imprensa após conversações com a sua homóloga italiana, Emma Bonino.

"Hoje, o regime não está encostado à parede. O regime, como afirmam os próprios opositores, consegue vitórias militares no terreno. Que sentido tem para o regime empregar armas químicas, tanto mais em pequenas quantidades, para se comprometer?", interrogou.