Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Presidente russo alerta que não cabe aos estrangeiros decidir quem deve governar

Lusa

  • 333

Los Cabos, 20 jun (Lusa) -- O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou na terça-feira que Moscovo não vai intervir na Síria ao considerar que não cabe aos estrangeiros decidir quem deve governar.

"Pensamos que ninguém tem o direito de decidir pelos outros países quem deverá ou não estar no poder", declarou Putin em conferência de imprensa depois da cimeira do G20, no México.

Para Putin, "não é a mudança de regime que é importante", mas que depois dessa mudança, que, alerta, "deverá ser constitucional", se "ponha fim à violência e se instale a paz no país", disse ao citar o exemplo de alguns países do Norte de África, onde a "violência continua, apesar de o regime ter mudado", referindo-se à Líbia.