Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Presidência EUA procura apoio do Congresso para ação militar

Lusa

  • 333

Washington, 03 set (Lusa) -- A Presidência norte-americana procurou na segunda-feira obter o apoio do Congresso para poder atacar a Síria, com dois dos principais senadores republicanos a alertarem para os efeitos "catastróficos" de um voto contrário.

Os senadores John McCain e Lindsey Graham saíram de uma reunião com o Presidente Barack Obama a sugerir que a Casa Branca poderia planear uma ação militar superior à pensada inicialmente, a par com um apoio mais robusto para a oposição.

Obama surpreendeu os círculos políticos em Washington e no mundo, no sábado, quando decidiu procurar obter o apoio do Congresso para uma ação militar na Síria, quando parecia que estava iminente um ataque com mísseis de cruzeiro às forças e ativos do Presidente sírio, Bashar al-Assad.