Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Países do Golfo querem mais apoio da UE aos rebeldes

Lusa

  • 333

Manamá, 30 jun (Lusa) - Os países do Conselho de Cooperação do Golfo pressionaram hoje a União Europeia a aumentar a ajuda aos rebeldes sírios, com o fornecimento de armas, enquanto a UE insistiu numa solução política para o conflito sírio.

Numa reunião conjunta em Manamá, o Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) e a UE discutiram a situação na Síria, no Irão e o risco de sectarismo na região.

No final, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Bahrein, Khaled al-Khalifa, afirmou numa conferência de imprensa com a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, que os países do Golfo gostariam que a UE desempenhasse "um papel mais importante" no apoio às forças da oposição ao presidente sírio, Bashar al-Assad, que não envolva apenas ajuda humanitária.