Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: ONU vai retirar metade dos 100 funcionários no terreno

Lusa

  • 333

Nações Unidas, 25 mar (Lusa) -- A ONU vai retirar cerca de metade dos 100 funcionários internacionais na Síria devido ao perigo crescente no país, segundo fontes diplomáticas citadas pela agência France Presse.

O gabinete em Damasco do enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, vai também ser encerrado, segundo as fontes, que indicaram estar para breve um anúncio oficial.

Os funcionários a trabalhar com Brahimi vão ser transferidos para o Cairo ou para Beirute.