Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: ONU responsabiliza forças governamentais por crimes contra a humanidade

Lusa

  • 333

Genebra, 15 ago (Lusa) - Um painel de especialistas da Organização das Nações Unidas (ONU) concluiu que as forças do presidente sírio Bashar Assad e militantes pro-governamentais da Shabiha cometeram crimes de guerra e contra a humanidade entre os sírios.

O relatório responsabiliza o governo e a milícia aliada pela morte de mais de 100 civis na aldeia de Houla, em maio, das quais metade eram crianças.

Os assassínios, tortura, violência sexual e ataques indiscriminados foram perpretados pelos níveis mais elevados do governo e das forças de segurança.