Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Síria: Nicolás Maduro acusa os EUA e Europa de procurarem guerra para saírem da crise

Lusa

  • 333

Caracas, 31 ago (Lusa) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou sexta-feira os Estados Unidos e a Europa de procurarem "uma grande guerra" na Síria como um recurso para sair da crise financeira e social que os afeta.

"A elite norte-americana chegou à conclusão que para sair da grande crise económica e social que têm nos Estados Unidos e na Europa necessitam de uma grande guerra e, por isso, querem impor a guerra na Síria", disse.

Para o chefe de Estado venezuelano, o seu homólogo norte-americano, Barack Obama, "está "entalado" numa política de guerra porque "querem impor ao mundo o Pentágono".